Monkey Jungle: nós na gaiola, e os macacos soltos!

monkey jungle

Monkey Jungle: onde os macacos estão soltos!

Miami é uma cidade cheia de atrações para crianças, mas nem todas são tão conhecidas como o Miami Seaquarium e a Jungle Island. Fomos em março para Monkey Jungle e adoramos: apesar de ser uma atividade mais lado B, sem atrações raras, é um mini zoo focado apenas em símios, e nesse quesito faz um ótimo trabalho de educar as crianças de forma divertida.

Trata-se de um parque de animais selvagens estabelecido em 1935 em uma floresta subtropical natural no sul de Miami. O local recria o habitat natural dos animais, e os animais maiores, como o gorila e os orangotangos, foram resgatados de circos e outros locais onde tinham uma vida com péssimas condições. Isso deixou meus meninos bem mais tranquilos, e a mim também.

O gorila, por exemplo, foi resgatado de um circo a 30 anos, e não tem como ser readaptado ao ambiente natural pois foram-lhe  retirados os dentes caninos, e isso faz com que o mesmo apanhe de outros animais da mesma raça.

Além dos habitats, existem pequenas demonstrações, onde os guias do parque explicam sobre as espécies em questão, e também sobre aquele animal especificamente. Foi assim que aprendemos que o gorila adora assistir televisão e gosta de musicais da Disney. Esse tipo de palestra encanta inclusive as crianças menores, que conseguem se identificar com os animais.

O local era propriedade de uma família, que já está na terceira geração: diversos tipos de macacos vivem praticamente soltos, como foi idealizado pelo fundador do parque.  Em 1933 Joseph DuMond, um behaviorista animal, chegou no sul da Flórida e liberou seis macacos em uma densa floresta subtropical da região. O lançamento daquela pequena tropa significou o início de uma grande tropa, que hoje corre livre no Monkey Jungle.

E também é um dos poucos habitats que são protegidos para os primatas em extinção nos Estados Unidos, além de ser o único que o público no geral pode explorar.

A experiência com os macacos Java, cerca de 90, continua sendo um destaque do local. O macaco Java é um mergulhador experiente, que coleta caranguejos e outros mariscos ao longo das margens dos rios e manguezais. Essas habilidades são demonstradas quando entram em sua lagoa para receber frutas dos guias. E você pode ver tudo isso de perto. Os tais macacos são decendentes dos 6 primeiros trazidos por DuMond. A explicação dos guias fascinou meu filho de 10 anos: ele não sabia que os tais macacos se organizam em castas sociais, sendo que alguns são mais “altos” no ranking e outros são mais baixos e precisam obedecer.

Uma experiência inesquecível

Os encontros com os animais, como narrei acima, individualizam cada uma das espécies na cabeça das crianças, e fazem com que elas tracem paralelos com o comportamento do ser humano. Em algum outro lugar do parque lemos que certos tipos de macacos, os bonobos, tem apenas 1 companheira pela vida inteira, são monogâmicos, mas que chimpanzés e outros não agem assim…orangotangos são super anti-sociais, e essa é uma das razões pelas quais estão em extinção (não conseguem aguentar muito a companhia nem de outro da mesma espécie para mera procriação!) (além de terem seu habitat varrido pelo homem, claro…)…as explicações sobre as “classes” sociais dos Java também acenderam diversas luzinhas na cabeça dos meninos.

Meu filho de 6 anos curtiu mais as explicações sobre as personalidades específicas de cada um dos bichos, como as histórias sobre o gorila que assiste TV e dança, e também adorou colocar comida no pratinho dos macacos e ver eles habilmente puxando a tigelinha de passas para cima.

No geral, o programa que era para ser “lado B” se transformou em um dos grandes favoritos dos guris, uma prova de que às vezes coisas mais simples e mais bem feitas podem interessar mais as crianças, e também testemunho de que programas com mais recheio informativo nem sempre são sinônimo de coisa chata.

 

O que: Monkey Jungle
Onde: 14805 SW 216th St. Miami, FL 33170
Horário: diariamente das 9h30 às 17h
Valores: adultos US$ 2 e crianças US$ 1

Como chegarExportar como KML para Google Earth/Google MapsAbre mapa autônomo no modo de tela cheiaCriar imagem do código QR para mapa autônomo no modo de tela cheiaExportar como GeoJSONExportar como GeoRSS
Monkey Jungle

carregando mapa - por favor aguarde...

Monkey Jungle 25.565822, -80.431828 14805 SW 216th St, Miami, Flórida, Estados Unidos (Como chegar)

 


CHECK LIST DE VIAGEM A MIAMI:

  1. Já reservou passagem aérea?
    1. Avianca e a Azul tem bons preços fora do eixo Guarulhos – Miami
    2. Está voando por Rio ou São Paulo? A LatAm tem vôos diretos mais em conta: passagens com a LatAm
    3. Quer comparar os preços de passagem? Faça a comparação no Voopter aqui.
  2. Já escolheu hotel? Prefere alugar casa? Alguns links para ajudar na escolha:
    1. Hotéis baratos e legais em Miami
    2. aluguel de casas e apartamentos em Miami
  3. Vai alugar carro? A RentCars é um bom comparador de preços. Clique aqui  ;
  4. Quer garantir tickets para shows? Um jeito fácil é usando o ViaGogo. O link dos eventos em Miami está aqui.
  5. E as atrações principais? O cartão GO Miami dá entrada grátis para diversas atrações (como Jungle Island, Perez Museum, passeio de barco em Key Largo, etc). Dá para comprar o cartão GO Card Miami aqui.
  6. Quer conhecer vários nightclubs, pular a fila, com transporte luxo incluído, e bebida grátis? Reserve um club crawl aqui.

Créditos das imagens: site da respectiva atração

Nossa nota
 
Summary